Ortodontia e Autoestima

Estudos confirmam que um sorriso bonito e alinhado interfere diretamente na autoestima da pessoa.  Esta se sente mais capaz de modificar suas próprias atitudes e reações diante dos desafios e situações comuns do dia a dia. Um belo sorriso transmite segurança, simpatia e saúde.
O tratamento ortodôntico aumenta a autoestima, o que traz bons frutos para a vida pessoal e no trabalho. As pessoas que sentem que seus dentes estão tortos, e se incomodam com isso, acabam sorrindo menos ou tentando disfarçar para que os outros não percebam. Com isso, elas acabam tendo pior desempenho social e profissional também, pois quando a autoestima está baixa as pessoas se recolhem e ficam com receio de se expor.
A indicação de tratamento ortodôntico acontece quando há desarmonia no encaixe ou alinhamento dos dentes (oclusão), que pode estar associada também ao tamanho ou forma dos ossos maxilares, resultando numa perda da eficiência ou limitação da função mastigatória. Dependendo do grau de desarmonia, o problema pode ocasionar dor nos dentes e face, problemas de articulação, na fala, respiração e deglutição.
Contudo, existem riscos no tratamento e pode até haver complicações, principalmente se não houver colaboração do paciente e preparo do profissional que vai conduzi-lo. Procedimentos mal realizados e sem a devida cooperação do paciente, como o não comparecimento a todas as consultas de acompanhamento, a falta de higiene adequada e  a falta de cuidado com o aparelho instalado, podem comprometer a estrutura dental, gerando desgaste excessivo dos dentes, problemas gengivais, perda de osso de sustentação e, até mesmo, a perda do dente, dificultando assim a obtenção do sucesso no tratamento.
Em alguns casos, passada a fase de crescimento ósseo do paciente, o tratamento ortodôntico fica limitado e alguns casos são tratados com a associação de cirurgia ortognática (reposicionamento dos ossos da face cirurgicamente).
É importante lembrar sempre de procurar um profissional habilitado para realizar a especialidade de Ortodontia.
Responsáveis Técnicos:
Dra. Andrea Tinae Nacamura – CRO 83896
Dra. Cristiane Hiromi Tamaki – CRO 60531
Dra. Luciana Ferreira Ramos – CRO 73307
Dra. Renata Peixinho – CRO 97388

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.