Brasil e Grã-Bretanha se enfrentam em partida de basquete adaptado

Brasil e Grã-Bretanha se enfrentam em partida de basquete adaptado

A seleção masculina de basquete em cadeira de rodas da Grã-Bretanha desembarcou no Brasil, esta semana, para participar de três amistosos contra a Seleção Brasileira. Os jogos serão realizados durante a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, nos dias 20, 21 de agosto, as 20h no Clube Esperia, na capital de São Paulo. E no dia 22, no Clube Athletico Paulistano, com transmissão ao vivo pelo Sportv 2, a partir das 18h, com entrada franca.
As partidas são uma realização da Confederação Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas (CBBC), com organização e promoção da Hoop Sports e apoio da Unimed, Seguros Unimed, Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Sesc Consolação, Federação Pernambucana de Basquete em Cadeira de Rodas e Federação Paulista de Basquete em Cadeira de Rodas.
Os amistosos fazem parte da preparação da Seleção Brasileira para as Paraolimpíadas de 2016. Comandado pelo técnico Antônio Carlos Magalhães, o Brasil vai em busca de sua primeira vitória contra a Grã-Bretanha. As equipes se enfrentaram pela última vez em dois amistosos realizados em Manchester, na Inglaterra, em 2010. Antes disso, Brasil e Grã-Bretanha estiveram em quadra nas Paraolimpíadas de Pequim (2008) e Atenas (2004). Atualmente, a Grã-Bretanha ocupa a quinta colocação no ranking mundial.
Para a presidente da CBBC, Naíse Pedrosa, os amistosos são de grande importância para a Seleção Brasileira. “É uma oportunidade muito enriquecedora fazer essas partidas em casa, contra uma seleção que é a quinta melhor do mundo, além de ser uma equipe extremamente organizada e disciplinada”, avalia. “O foco é 2016, mas temos ainda o Parapan batendo na porta, em agosto de 2015. E, apesar de o País já ter vaga garantida por ser sede, queremos mostrar que estamos preparados. Isso aumenta a nossa responsabilidade”, complementa.
Tri-campeã sul-americana, com títulos conquistados em 2012, 2010 e 2008, a Seleção Brasileira Masculina levou a quinta colocação na última Copa América, realizada em Bogotá, no ano passado. Em 2007, o Brasil ficou com o terceiro lugar no Parapan do Rio de Janeiro. A Seleção que irá enfrentar a Grã-Bretanha é formada por doze atletas, que atuam em equipes do Rio de Janeiro e São Paulo.
REGRAS DO BASQUETE EM CADEIRA DE RODAS
As dimensões da quadra, a pontuação e a altura da cesta são as mesmas do Basquetebol convencional – assim como as equipes, com cinco jogadores cada. As partidas são divididas em quatro quartos de dez minutos. O relógio para, entre outras situações, quando a bola sai da quadra, ou em cada pedido de tempo, de um minuto cada.
_DSC8858

Cada equipe tem 24 segundos de posse de bola, e precisa arremessa-la em direção à cesta antes deste tempo. A cada dois toques na cadeira, o jogador precisará quicar, passar ou arremessar a bola. O simples contato das cadeiras dos participantes não é considerado falta pela arbitragem – apenas se for interpretada  a intenção.
Com o intuito de deixar os times equilibrados, a classificação dos atletas é feita por um sistema de pontos, que vai de 1 a 4.5, respeitando o potencial funcional de cada um – quanto maior a pontuação, maior a habilidade funcional do atleta. A soma de todos os jogadores em quadra não pode ultrapassar o total de 14 pontos.
A SELEÇÃO BRASILEIRA
Daniel da Cruz Machado (1.0)
Dwan Gomes Dos Santos (1.0)
Amauri Alves Viana – (1.5)
Paulo César Dos Santos (2.0)
Anderson Carlos Silva Ferreira (2.5)
Everaldo Caitano De Lima (2.5)
Marcos Candido Sanchez Da Silva (3.0)
Erick Epaminondas Da Silva (3.5)
Gelson José Da Silva Júnior (3.5)
Edson Mariano Leal (3.5)
Leandro De Miranda  (4.5)
Luciano Felipe Da Silva (4.5)

Amistosos de Basquete em Cadeira de Rodas – Brasil X Grã-Bretanha

22 de Agosto, às 18h – Transmissão ao vivo pelo Sportv 2

Clube Athletico Paulistano
R. Columbia, 77, Jardim América, São Paulo
Entrada franca