Como o Slackline pode melhor (e muito) a sua concentração?

O objetivo é ir de uma ponta a outra sem cair. Ajuda na concentração, deixa os músculos mais fortes, e além de tudo consome calorias.

Simplicidade. Está é palavra que define a modalidade originada do ócio de escaladores norte-americanos que, em meados dos anos 70, impossibilitados de subir as montanhas por causa do clima ruim, andavam por cima de suas fitas de escalada para passar o tempo. Por acaso, eles descobriram o slackline, um exercício de equilíbrio e concentração que hoje tem mais de 20 mil praticantes ativos no mundo.

“É um esporte muito fácil de ser praticado, basta ter um kit de slackline, um par Tree Wear (proteção para árvores e outros pontos fixos) e dois pontos fixos. Gramados e praias são os melhores lugares, pois o chão é um pouco mais fofo e evita lesões em caso de queda”, explica Caroline Rangel, praticante de slackline e profissional na área de marketing e eventos da Gibbon Slacklines Brasil.

A modalidade traz benefícios psicológicos justamente por trabalhar o foco e a concentração para atravessar a linha. A pessoa vai cair várias vezes e é necessário levantar e tentar outra vez, isso te ensina a nunca desistir.

E quem pensa que o Slackline consiste somente em andar sobre a fita está enganado. “Como é um esporte muito recente, a cada dia os praticantes inventam uma manobra nova. As possibilidades são infinitas. Elas podem ser poses estáticas ou dinâmicas, saltos ou bounces (quicar, na tradução livre)” revela a profissional de marketing da Gibbon.

O slackline também traz inúmeros benefícios físicos, estimula os músculos posturais mais profundos e difíceis de serem trabalhados em academias

De acordo com Caroline, antes da prática é importante que o atleta faça alongamento, aquecimento e esteja sempre atento aos seus limites. Para ela, vencê-los é o melhor dos desafios, mas escutar seu corpo é sempre mais importante. Há também alguns cuidados básicos que devem ser tomados com os equipamentos. “Manter as peças sempre lubrificadas, deixa-las secando na sombra, não guardar a fita molhada, lavar apenas em água corrente é sempre importante”, completa.

Além disso, a praticante da modalidade orienta utilizar backup na catraca para a montagem do kit, ação fundamental para evitar qualquer possibilidade de acidentes. “Lembro também que, como qualquer equipamento, seu slackline tem uma vida útil e deve ser substituído quando necessário, dependendo do uso”, finaliza.

 

Fonte: Ativo

Fonte: Jovem IG

RELACIONADOS