Seu filho é um pequeno consumista? Conheça os sinais

O apelo consumista não está apenas na TV ou nos brindes do McLanche Feliz, mas também na escola, no parque, no clube. Tênis, iPads, smartphones para lá e para cá e seu pequeno começando frases com “eu quero” não são cenas difíceis de presenciar.

No entanto, é importante lembrar também que os exemplos familiares têm um peso importante na relação das crianças com o consumo. “Elas acabam incorporando os exemplos dos outros, principalmente dos pais”, explica o planejador financeiro Valter Police Junior, da Police Consultoria, ao “iG”(veja a reportagem completa ao final do texto).

Para ele, a primeira conversa sobre finanças pode acontecer já aos 10 anos como uma tentativa de abordar o autocontrole e evitar comportamentos que levem a dívidas no futuro. Police sugere ainda que os pais fiquem atentos a 4 problemas:

1 – A mesada não dura
Solução: converse com a criança sobre a importância de guardar para não faltar, e explique que ao juntar dinheiro, poderá comprar coisas melhores. Se a criança pedir mais verba, não ceda, cultivando a importância da economia na prática.

2 – A criança quer tudo
Solução: preste atenção ao que a criança diz quando pede um presente. Será que ela realmente gosta daquilo? Ou será que ela está transferindo o sonho de outra pessoa para ela, pelo mero desejo de ter? Tente reconhecer se seu filho de fato vai aproveitar a novidade.

3 – Quer sempre o que é mais caro
Solução: tente mostrar para a criança que um presente não precisa ser caro para ser legal. Incentive que ela participe de feiras de trocas, mantendo contato com outras crianças e aprendendo sobre o valor das coisas. E ajude-a a inventar seus próprios brinquedos, o que é lúdico, divertido e econômico.

4 – É descontrolada como os pais
Solução: “A melhor maneira de ensinar é dando o exemplo. Não adianta dizer que cigarro faz mal se você fuma”, observa Police. Isso significa que se você cuidar da sua saúde financeira, as chances de seu filho seguir o mesmo caminho se multiplicam.

Fonte: iG (http://economia.ig.com.br/financas/2014-10-12/4-sinais-de-que-seu-filho-e-um-pequeno-consumista.html)

RELACIONADOS