Será que os brasileiros se preocupam com a saúde bucal?

Uma pesquisa conduzida pela revista “Saúde”, da Editora Abril, revelou que os brasileiros não estão cuidando adequadamente do sorriso. O dado que mais chama a atenção é o de que 48% da população não considera importante visitar o dentista com frequência. O estudo ouviu 1.818 homens e mulheres de todas as regiões do país, sendo que 78% dessas pessoas pertencem às classes A e B.

Descobriu-se também que a maioria da população consultada, 65% dos entrevistados, não troca a escova de dentes após três meses de uso, como é recomendado por especialistas.

Outro percentual significativo está relacionado à saúde bucal infantil. De acordo com a pesquisa, 57% dos entrevistados levaram o filho ao dentista pela primeira vez entre os 2 e 11 anos. Existe um consenso entre os profissionais de que bebês de 6 meses já devem passar pela primeira consulta para que sejam avaliadas várias condições e comece a ser realizado um trabalho preventivo.

O uso do fio dental também foi uma pauta do estudo. 38% dos entrevistados não o utilizam ou utilizam raramente. Curiosamente, cáries e gengivas sangrando são duas das principais queixas apresentadas nos consultórios e estão diretamente relacionadas ao uso insatisfatório do fio dental. Vale lembrar que a escova não alcança todas as áreas da boca e apenas o fio dental pode remover os restos alimentares por completo.

Veja outros números importantes da pesquisa:
- 27% da população não escova os dentes após as refeições;
- 24% não escovam ao acordar;
- 23% não escovam antes de dormir.

Todos esses comportamentos podem ameaçar a saúde bucal, por isso é importante não fazer parte dessas estatísticas e sempre visitar o dentista.

Fonte: Yahoo (https://br.mulher.yahoo.com/blogs/sala-espera/48-dos-brasileiros-nao-considera-importante-ir-ao-171349086.html)

RELACIONADOS