Saúde Ocupacional

A preocupação com a saúde do trabalhador surgiu na Inglaterra com o início da Revolução Industrial, que teve entre suas consequências inúmeros acidentes e doenças relacionadas às atividades do trabalho.

Surgiu então a Medicina Ocupacional, que tinha como objetivo inicial realizar uma intervenção no processo de doença, mas que logo precisou do suporte de uma equipe mais ampla e multidisciplinar para garantir a saúde dos trabalhadores.

Mas você conhece o que hoje são chamados de Programas de Saúde Ocupacional?
São um conjunto de processos, que visam a segurança, prevenção e cuidados com a saúde de todos os trabalhadores e têm, entre outras atividades, as listadas abaixo:

- Avaliações periódicas da saúde do trabalhador com prevenção, monitoramento e seguimento de doenças;

- Avaliações do ambiente e condições de trabalho e seus riscos à saúde;

- Avaliações de riscos do trabalho que impliquem em suspensão ou aposentadoria prévia por doenças causadas pelo trabalho.

Nos dias atuais, com todas estas medidas, a saúde ocupacional melhorou muito e doenças mais graves relacionadas a riscos no ambiente de trabalho diminuíram significativamente.

Entretanto, vivemos uma época em que os maiores desafios são relacionados à diminuição do estresse no ambiente de trabalho, que frequentemente se apresenta na forma de dores de cabeça, dores de estômago, dificuldades de concentração, insônia e podem evoluir para quadros depressivos.

O que pode ser feito?
Mudanças de atitudes com o objetivo de minimizar o estresse do trabalho. Tais atitudes devem envolver empresa e colaboradores para que se possa identificar os pontos geradores de estresse e determinar um caminho para minimizá-lo.

Dicas para minimizar o estresse:
- Tentar manter-se focado e finalizar as tarefas;
- Saber delegar tarefas;
- Organizar-se;
- Não desanimar, pois sempre haverá dias melhores e piores no trabalho;
- Conseguir desligar-se do trabalho quando estiver em casa e aproveitar o seu descanso;
- Praticar técnicas de relaxamento.

Lembre-se: passamos metade do nosso tempo no trabalho e devemos sempre tentar manter uma atividade prazerosa e um ambiente salutar.

RELACIONADOS