Motivos para não abandonar o treino no calor

Pode não parecer, mas fazer atividade física durante a estação mais quente do ano faz bem! Só que o corpo sente, é claro.
O clima quente faz a gente querer desacelerar porque perdemos entre 1,5% e 3% do ritmo a cada salto de 10 graus acima dos 13ºC, como descobriu uma reportagem publicada pelo site da revista “Exame”. Porém, vencer essa barreira pode representar um aumento considerável na performance, que se prolonga até a próxima estação.

“No clima quente, uma maneira de seu organismo tentar se resfriar é enviando sangue para a superfície da pele, onde o calor se dissipa no ar”, explica a americana Janet Hamilton, treinadora de corrida e fisiologista do exercício. Então, para satisfazer as demandas de resfriamento e do exercício, o corpo produz mais sangue. Quando a temperatura cai, os músculos aproveitam esse excedente. “Você sente como se pudesse voar, como o Peter Pan”, diz Janet. Ou seja, é com essa “energia” que atletas têm mais chance de quebrar seus recordes.

Além disso, a luz dos dias de verão, que se prolonga, torna o exercício mais agradável, mais inspirador, além de ajudar o corpo a produzir mais vitamina D.

Gostou? Que tal participar do Circuito do Sol? O nome já diz tudo: corrida de rua, em dias ensolarados. Várias capitais do Brasil já têm sua própria versão da corrida, que conta ​com ​o patrocínio da Seguros Unimed. Porque se exercitar em conjunto é mais gostoso – e ninguém nem pensa em desistir.
​ ​
Saiba mais: https://circuitosol.ativo.com/

Fonte: Exame (http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/5-bons-motivos-para-continuar-treinando-no-calor)

RELACIONADOS