Importância do uso do Fio Dental e do Raspador de língua

As bactérias presentes na boca utilizam açúcares da alimentação e se desenvolvem. Desta maneira, forma-se a placa bacteriana (esbranquiçada, de fácil remoção) que, por sua vez, fica aderida aos dentes, língua e outras superfícies da cavidade bucal e pode levar o paciente a ter cárie e gengivite.

A escovação é o melhor método para remoção da placa bacteriana da superfície dos dentes, mas precisamos lembrar que a placa instala-se em superfícies onde a escovação não é eficaz.  As regiões interproximais (entre os dentes) não são alcançadas pela escova dental e, desta forma, devemos usar o fio dental para sua remoção.Para limparmos o dorso da língua, o raspador é o método mais indicado.

Uso correto do fio dental

Enrole o fio dental ao redor do dedo médio de cada mão, deixe uns dez centímetros entre os dedos

Segure o fio dental entre o polegar e indicador das duas mãos

Deslize para frente e para trás

Para remover o fio, use movimentos para cima e para baixo

Lembre-se sempre de usar uma parte nova do pedaço de fio dental para cada dente a ser limpo

Uso do Raspador de língua

Posicionar o raspador sobre a língua o mais para trás possível

Raspar a língua de trás para frente

Remover a camada de placa que fica aderida sobre a língua

Lavar o raspador com água e sabão

Dúvidas frequentes:

1)      O uso do fio dental causa sangramento?

Quando não se tem o hábito do uso do fio dental, a presença da placa que fica entre os dentes leva à gengivite e, assim, ocasiona o sangramento durante o uso do fio dental. Porém, ao criar-se o hábito do uso diariamente, além de removermos o fator que leva à inflamação, tornamos a gengiva mais resistente e livre de sangramento.

2)      Quantas vezes ao dia devemos utilizar o fio dental e raspador de língua?

Devemos usar, ao menos, uma vez ao dia após a escovação dos dentes, pois a placa,depois de 24 horas, pode endurecer e formar o tártaro.

3)      Como escolher o raspador de língua, já que existem vários modelos no mercado?

O ideal é que tenha o formato da cabeça mais delicado, pois facilita o acesso ao fundo da boca e garante uma limpeza eficiente da língua.  Os modelos com cerdas têm vida útil menor e acumulam mais bactérias.

Responsável Técnica:

Dra. Mariana Campinhos – CROSP 92636

RELACIONADOS