Frutas da estação, para encher seu cardápio de saúde

A paisagem trazida pela primavera é das mais lindas, mas que tal também aproveitar a estação para se alimentar com mais qualidade? A nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi, indica as frutas da época e seus benefícios. Anote aí e esbalde-se em sua próxima visita à feira ou ao supermercado!

Jabuticaba – A casca possui coloração arroxeada devido à presença de antocianinas, que possuem propriedades antioxidantes e, portanto, auxiliam no combate aos radicais livres. Também possui pectina, importante fibra para a regulação intestinal, e que exerce efeito positivo no combate ao colesterol. Na polpa encontramos ferro, fósforo e vitamina C.

Amora – possui boas quantidades de vitaminas A, C e do complexo B, além de um mineral chamado silício, importante no estimulo às proteínas de sustentação. Contém potássio e, por isso, tem sido cada vez mais consumida por praticantes de atividade física.

Pêssego –possui boa quantidade de antioxidantes, e alguns possuem ação protetora contra alguns tipos de câncer e diminuem o risco de patologias oculares. Também possui vitaminas C e E, que têm ação imunoprotetora e niacina, vitamina do complexo B que contribui para a produção de energia. Entre os minerais mais abundantes da fruta, destacam-se o potássio, importante regulador da pressão arterial e o manganês, associado à formação de tecido conjuntivo e ósseo, crescimento e reprodução.

Acerola – destaca-se pela quantidade de vitamina C, que melhora o sistema imunológico.

Laranja lima – também rica em vitamina C e, além disso, auxilia na absorção do ferro. A vitamina C também tem sido recomendada no combate ao tabagismo por reduzir a secreção de cortisol, hormônio presente na resposta ao estresse, reduzindo assim a vontade de fumar. Devido ao baixo teor de acidez, costuma ser bastante indicada para gestantes e crianças. Também possui potássio, vitaminas do complexo B e fibras.

Nectarina – fonte de vitamina C e carotenóides como o betacaroteno e a criptoxantina, nutrientes com poder antioxidante que ajudam a neutralizar a ação dos radicais livres. Contém ainda luteína, importante para a visão e que ajuda a reduzir o risco de doenças como a degeneração macular e a catarata. Os flavonóides encontrados na fruta podem auxiliar na prevenção à agregação plaquetária, reduzindo o risco de aterosclerose. A fruta também é fonte de potássio, ácido fólico e fósforo.

Fonte: Divulgação

RELACIONADOS