Dia Mundial do Doador de Sangue

Todos os anos, no dia 14 de Junho, a OMS (Organização Mundial de Saúde) promove uma campanha mundial com o intuito de incentivar a doação de sangue voluntária.
Com a campanha, a OMS visa educar e sensibilizar as pessoas sobre a importância deste gesto que pode salvar vidas.
Vale ressaltar que a doação de sangue é segura e não apresenta nenhum risco para o doador.

Veja os requisitos para que ela possa ser realizada:
- Estar em boas condições de saúde;
- Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos;
- Pesar no mínimo 50kg;
- Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Principais impedimentos à doação:
- Hepatite após os 11 anos de idade;
- Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
- Uso de drogas ilícitas injetáveis;
- Malária.

É importante dizer que a taxa de doação de sangue no Brasil é de apenas 1,8% da população e por vários períodos temos baixas alarmantes nos estoques.
O objetivo da campanha é justamente honrar os doadores voluntários, incentivar esta prática e incentivar os Ministérios da Saúde de todos os países filiados à OMS a manterem campanhas neste sentido, de forma a minimizar possíveis baixas nos estoques dos bancos de sangue, além de garantir um pronto atendimento àqueles que necessitam receber transfusão de sangue, por acidentes, cirurgias, tratamentos ou doenças hematológicas.

Faça sua parte. Doe sangue e salve uma vida!

Fonte: Seguros Unimed

RELACIONADOS