Conheça a iniciativa que mistura cinema gratuito e energia solar

Nada como assistir a um bom filme e, de quebra, minimizar o impacto ambiental. Assim funciona o Cinesolar.
Desde agosto, uma parceria entre a iniciativa, patrocinada pela CPFL, e o Cinecidade, circuito de exibição de filmes nacionais, permite que moradores de 60 cidades paulistas assistam a produções nacionais de graça.

Os filmes são projetados a partir do uso de energia limpa e renovável. Um furgão é equipado com um sistema de captação de energia solar, o que permite alimentar toda a estrutura de exibição.

Ele carrega tudo o que é necessário para realizar as sessões, como telão, sistema de som e cadeiras. No final, a estrutura é recolhida pelos organizadores, permitindo que o cinema seja, de fato, itinerante. Desse modo, o acesso aos filmes brasileiros é democratizado, uma vez que existe pouco espaço dentro das salas comerciais.

O projeto brasileiro ainda promove oficinas de sustentabilidade – música orgânica e ecografite – voltadas para crianças e adolescentes, além de apresentações artísticas.

Entre os filmes que já foram destaque estão o premiado “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu, “Antes que o Mundo Acabe”, de Ana Luiza Azevedo e “O Menino no Espelho”, de Guilherme Fiúza Zenha.

O Cinesolar acontece até março de 2016, com uma expectativa de público de 300 pessoas por sessão, totalizando 18 mil espectadores. Em 2014, foram visitadas 48 cidades de São Paulo. Saiba mais e confira a programação no site do Cinesolar.

Fonte: Divulgação

RELACIONADOS