Aliado ou inimigo? De que lado você está na disputa com o cartão de crédito?

É fato que ele facilita nossa vida, permite excentricidades que seriam impossíveis em cash e nos tira do sufoco vez ou outra. Mas viciar nos efeitos benéficos de pagar parcelado no cartão de crédito pode ser um problemão quando se desconsidera o efeito bola de neve que ele causa. Sabia que ele tem as maiores taxas de juros do mercado? Então vem aprender com a gente como virar amigo do seu cartão de crédito em cinco perguntas práticas:

1. O que devo pagar com meu cartão?
Você pode ser um comprador frequente e pagar a maioria das suas compras com ele, desde as necessárias, como supermercado, até as mais baratas, como um cafezinho de todo dia. Isso acumula pontos de vantagens que podem ser trocados por produtos ou serviços. Se essa atitude pode ser perigosa e você perder o controle, talvez deva considerar usá-lo apenas para compras maiores, que só seriam possíveis em parcelas.

2. Qual é a melhor data para comprar?
Saiba que a fatura é calculada de 5 a 10 dias antes da data de vencimento. “Se o seu vencimento é no dia 15, a fatura será encerrada sempre dia 10. Com isso você consegue controlar os melhores dias para compras. Descubra com sua administradora do cartão a data de fechamento da fatura.

3. É viável ter mais de um cartão?
Se você recebe o salário em duas parcelas, pode considerar ter dois cartões, com datas de vencimento e operadoras diferentes. Tenha em mente que cartão não é dinheiro extra, e sim um empréstimo do banco que você terá que pagar depois.

4. Devo pagar o valor total da fatura?
Sim, sempre! “Até porque você paga juros que podem variar de 6 a 10%, além das multas. E novas compras se acumulam às parcelas antigas, o que causa um caos na fatura. Se for impossível pagar, “tente uns dias com o cheque especial ou pegar emprestado em família.

5. Que tipo de cartão devo ter?
Geralmente as vantagens maiores partem dos bancos onde você possui conta. Contudo, faça pesquisas sobre a anuidade antes de contratar com o cartão. Verifique se é possível eliminar este pagamento e quais os outros benefícios. Evite os de loja, pois algumas só permitem o pagamento da fatura dentro delas, o que pode incentivar mais consumo desnecessário.

Agora que você já está por dentro de todos os itens acima, está pronto para usar o seu cartão de crédito de forma muito mais responsável, ciente de todos os cuidados necessários e também dos possíveis benefícios.

RELACIONADOS