Câncer de boca

O que é o câncer de boca?
É um tipo de tumor maligno que pode aparecer nas estruturas que fazem parte da boca e da garganta. Pode se desenvolver nos lábios, língua, céu da boca, gengiva, amígdala e glândulas salivares.
Estes tumores são formados por células que se multiplicam rapidamente e descontroladamente destruindo os órgãos e se espalhando para os linfonodos do pescoço (ínguas).
É mais frequente em homens do que em mulheres e atinge principalmente pessoas com mais de 40 anos de idade.

Quais são os fatores de risco?
Pessoas que fumam e consomem bebidas alcoólicas excessivamente têm maior risco de desenvolver o câncer de boca. O risco aumenta quanto maior for o número de cigarros e de doses de bebidas consumidos.
Alguns dos principais fatores de risco são a falta de higiene bucal e a alimentação pobre em vitaminas e minerais, principalmente em vitamina C. A exposição excessiva ao sol também aumenta o risco de desenvolvimento do câncer do lábio.

Quais são os sinais e sintomas?
Nem sempre é possível visualizar os primeiros sinais que indicam a existência do câncer bucal, o que aumenta a importância das consultas regulares com o dentista ou o médico.
Contudo, além das consultas regulares, é preciso que você fale com seu dentista se perceber qualquer dos sinais abaixo:
- Ferida nos lábios, gengiva ou no interior da boca, que sangra facilmente e não parece melhorar;
- Um caroço ou inchaço na bochecha que você sente ao passar a língua;
- Perda de sensibilidade ou sensação de dormência e manchas brancas ou vermelhas na gengiva, língua ou qualquer outra parte da boca;
- Dificuldade para mastigar ou para engolir;
- Dor sem razão aparente ou sensação de ter algo preso na garganta;
- Inchaço que impede a adaptação correta da dentadura;
- Mudança na voz.

Como prevenir este tipo de câncer?
- Evite ou reduza o consumo de fumo e de álcool;
- Mantenha uma boa higiene bucal;
- Faça uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes;
- Visite o dentista regularmente e converse com o seu médico e informe-se sobre o exame clínico da boca.

O autoexame previne a doença?
O autoexame da boca é uma técnica simples que a própria pessoa faz para conhecer a estrutura normal da boca e, assim, identificar possíveis anormalidades, como mudanças na aparência dos lábios e da parte interna da boca, endurecimentos, caroços, feridas e inchaços.
Entretanto, esse exame não substitui o exame clínico realizado por profissional de saúde treinado.

Como é o tratamento?
Quando não for detectado de maneira precoce, o câncer bucal pode exigir tratamentos que vão da cirurgia (para a sua remoção) à radioterapia ou quimioterapia.

Você sabia?
Estomatologia: É a especialidade que, através de sinais e sintomas dos pacientes, diagnostica e trata lesões benignas ou malignas da cavidade bucal.

Responsáveis Técnicas:
Dra. Ana Catarina Vieira Bezerra – CROSP 87276
Dra. Eliane Midori Tanaka – CROSP 56731
Dra. Renata Peixinho – CROSP 97388

 

Aproveite e conheça o plano odontológico da Seguros Unimed: Banner Blog Rodape Câncer de boca

RELACIONADOS