Brasil bate metas no PAN 2015, em Toronto

No top 3 no quadro de medalhas, atrás apenas dos Estados Unidos e Canadá, e com um total de 141 atletas no pódio, o Brasil acumula uma marca positiva no Pan 2015, realizado em julho em Toronto.

A marca é a mesma de Guadalajara-2011, mas com menos ouros, o que não desanima o COB (Comitê Olímpico do Brasil). “Batemos nossas metas, principalmente a de estar no top 3”, disse à “Folha de S.Paulo” Marcus Vinícius Freire, gerente executivo de esportes do COB.

Desde Winnipeg-1967, o Brasil não ficava à frente de Cuba no quadro de medalhas. Agora, para a Olimpíada Rio-2016, a meta é estar no top 10, com 27 a 30 medalhas, segundo o porta-voz do COB.

Uma das modalidades que preocupam a entidade é o atletismo, que teve desempenho bem abaixo do esperado. Foram 13 medalhas e apenas um ouro. Há quatro anos, no México, foram dez ouros e 23 medalhas ao todo.

Os Jogos Pan-Americanos de 2015 chegaram ao fim com 80 recordes batidos em sete esportes. O levantamento de peso brilhou nesse quesito, com o brasileiro Fernando Reis se destacando. Ele levou a medalha de ouro na categoria até 105 quilos. Também houve recordes quebrados no tiro e, na natação, o brasileiro Felipe França estabeleceu um novo recorde: 59s51 nos 100m peito.

Num único dia, os Estados Unidos quebraram seis marcas no tiro, ciclismo de pista e natação. Depois, o país bateu mais uma marca no atletismo, chegando a 14 novos recordes registrados em um dia. Sem dúvida, esta edição do Pan foi uma das mais emocionantes.

Que venham os Jogos Olímpicos!

 

Fontes: ESPN e Folha de S.Paulo

Créditos das imagens: rmnoa357 / Shutterstock.com

RELACIONADOS