Blocos de rua são a nova sensação do Carnaval brasileiro

Ame ou odeie, já é tradição: todos os anos, desde 1932, acontecem os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, no carnaval mais tradicional do Brasil. O acontecimento é um dos símbolos máximos da nossa cultura e atrai turistas de todas as partes do país e do mundo. Ao longo da história, porém, essa hegemonia passou a ser dividida com o carnaval de Olinda, PE, no desfile de bonecos gigantes, e com o de Salvador e seus trios elétricos criados por Dodô e Osmar em 1950.

Atualmente a onda dos carros alegóricos e das festas em clubes tem perdido espaço para a folia de rua, nos chamados blocos. Eles atraem principalmente jovens que tomam as ruas das principais cidades do país com um só objetivo: se divertir. Vale fantasiar-se, vestir-se do sexo oposto, encher-se de brilho ou ir de cara limpa e beber, conhecer gente nova e dançar muito! A programação é intensa e começa um mês antes da data oficial, se prolongando por semanas após em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Olinda, Belém, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Para se divertir com responsabilidade, é importante estar sempre protegido, seja com a hidratação do corpo, uma boa alimentação, proteção solar e medidas contra a violência. Assim fica muito mais fácil se divertir sem preocupações. Programe-se para os dias de folia com os blocos pelo Brasil aqui:

http://carnavalderua.prefeitura.sp.gov.br
http://www.penocarnaval.com.br/programacao
http://carnavalsalvadorbahia.com.br/blocos
http://www.rio-carnival.net/carnaval/programacao-carnaval-rio-de-janeiro.php
http://www.guiabh.com.br/show/carnaval-de-bh

RELACIONADOS