Pacientes PNE (Portadores de Necessidades Especiais) são todos aqueles que apresentam qualquer alteração..."/> Alterações Bucais em Portadores de Necessidades Especiais - Blog da Seguros Unimed - Blog da Seguros Unimed

Alterações Bucais em Portadores de Necessidades Especiais

Pacientes PNE (Portadores de Necessidades Especiais) são todos aqueles que apresentam qualquer alteração ou distúrbio da normalidade e, geralmente, apresentam alterações sistêmicas em sua estrutura óssea, órgãos internos, aparência física e alterações bucais.

Entre as alterações sistêmicas mais comuns, estão o crescimento da cabeça (hidrocefalia), fechamento prematuro das suturas cranianas (em várias síndromes), olhos amendoados (mais próximos um do outro), estrabismo, assimetria, sindactilia (dedos grudados), alteração de pressão, glicemia, etc. Na cavidade bucal, são frequentes várias alterações e trouxemos algumas para que possam ser conhecidas.

A doença periodontal é a mais comum de todas. Presente em portadores de síndromes, de alterações sistêmicas (diabetes) ou em pacientes transplantados, ela acontece por conta da doença propriamente dita, de outros fatores como a medicação utilizada para controle da patologia ou pela limitação e falta de habilidade manual decorrente de algumas doenças. A doença periodontal pode causar, ainda, a hiperplasia gengival (crescimento irregular e descontrolado da gengiva com consequente sangramento).

Em síndromes, é comum a associação de várias alterações como a presença de palato ogival (céu da boca muito profundo), macroglossia (língua grande), língua fissurada, apinhamento ou ausência de dentes, mordida aberta anterior, maloclusão, fenda palatina (comunicação entre céu da boca e cavidade nasal), fenda labial (lábio leporino) e fluxo salivar reduzido (xerostomia) – este último também muito presente em pacientes que passam por quimioterapia e radioterapia.

TRATAMENTOS:

Para as anomalias citadas acima existem tratamentos. Alguns são corretivos e outros são paliativos, mas o que funciona mesmo são tratamentos preventivos e profiláticos.

Para os casos de maloclusões, mordidas abertas, ausência ou apinhamento de dentes, é recomendado o uso de aparelhos ortodônticos.

Para os casos de doença periodontal, hiperplasia gengival e sangramento, o melhor tratamento é a limpeza diária, com escovação e fio dental. Aliás, esta também é a solução preventiva para evitar ou agravar os problemas descritos acima.

Vale ressaltar que pacientes com pressão alta, diabetes, problemas cardíacos ou renais crônicos, obesos, gestantes e etc., também devem ser tratados como Portadores de Necessidades Especiais, não só pelas alterações bucais que apresentam, mas pelo planejamento de tratamento que deve ser utilizado, anestésicos e técnicas cirúrgicas.

Reforçando:

As melhores condutas para qualquer alteração bucal em Pacientes Portadores de Necessidades Especiais são a prevenção e profilaxia. Escovações constantes e eficientes, em conjunto com o uso rotineiro de fio dental, podem evitar ou reduzir a maioria dessas patologias.

Responsável técnico:
Dr Cristiano Augusto Rosa
CRO SP 67941

 

RELACIONADOS