A importância da higiene bucal no ambiente de trabalho

Boa parte dos brasileiros não trabalha perto de casa. Por este motivo, muitas pessoas realizam suas refeições na empresa ou em restaurantes próximos à companhia. Após o almoço, é necessário realizar a higiene bucal – escovar os dentes, passar fio dental e, se possível, utilizar um antisséptico bucal.

Durante a jornada de trabalho, uma pessoa pode ficar até 12 horas sem escovar os dentes. Nesse período, é possível que sejam ingeridos alimentos ou mesmo bastante açúcar (que acompanha o tradicional cafezinho, nos momentos de bate-papo). Por conta desses pequenos detalhes, manter um kit com produtos de higiene (que pode ser facilmente guardado em gavetas, bolsas e armários) pode diminuir eventuais problemas (como placas bacterianas e cáries).

Além de problemas de ordem física, manter a boca saudável facilita a interação entre pessoas e o bom ambiente de trabalho. Todos gostam de conversar com colegas que tenham hálito fresco e sorriso franco – uma coisa, naturalmente, pode vir acompanhada da outra. Quando mais sociável e com melhor fisionomia, melhores as chances de a pessoa ser promovida.

De acordo com o instituto de pesquisa norte-americano Kelton Global, pessoas com sorrisos harmônicos têm 53% mais chances de receberem aumento onde trabalham do que quem vive com a cara fechada. Obviamente, competência profissional conta. Mas esse quesito, aliado à abertura dada por um belo sorriso, torna o funcionário mais bem visto, sociável e, potencialmente, mais lembrado em momentos de promoção em uma companhia, defende o estudo.

 

 

RELACIONADOS